Carregando...

  • Giuseppe Riesgo

POR QUE O BRASIL É TÃO CORRUPTO?


Todo mundo sabe que a corrupção é um problema no Brasil. Agora, o que pouca gente sabe é como realmente funciona a corrupção no Brasil e no mundo.


Não é apenas uma questão de obras superfaturadas. Para explicar isso, vou falar brevemente sobre a história de dois dos maiores corruptos do Brasil: Joesley e Wesley Batista.


Por anos, os conhecíamos como os irmãos que saíram do interior de Goiás e fundaram um  império (ou nem os conhecíamos, para ser sincero). No auge, os irmãos Batista foram donos da:


1. JBS-Friboi (maior companhia de carnes do mundo)  

2. Banco Original

3. Eldorado Celulose (dona da maior fábrica de celulose do mundo),  

4. Indústria de Laticínios Vigor

5. Indústrias Flora (dona de marcas como Francis, Neutrox, e Minuano)

6. Canal Rural

7. Alpargatas (fabricante das sandálias havaianas).


Quem estava atento à trajetória de ambos sabia que havia algo de errado.


Empréstimos do BNDES - um banco do governo - ajudaram a Friboi a comprar seus concorrentes mundiais. A Eldorado Celulose tinha como sócios fundos de pensão estatais. A  Flora ganhou relevância graças dinheiro do BNDES. O mesmo banco garantiu a compra da Vigor. E a Alpargatas foi adquirida com um empréstimo da Caixa Econômica Federal.

 

Como uma empresa consegue receber tantos favores? É bem simples. Pagando propina. Para ser aprovado, o primeiro empréstimo do BNDES envolveu o pagamento de uma “comissão” de 4%. E isso é algo que o próprio Joesley admite. O seu império estava solidificado em uma gigantesca máquina de propinas e corrupção. Para conseguir os favores, ele os comprava de quem estava no governo.

 

Isso só foi possível porque os donos de poder tinham favores para vender. Os políticos, controladores das empresas estatais, faziam o que bem entendiam com elas. Se não houvesse BNDES, Joesley nunca teria pagado propina para receber seus empréstimos subsidiados. Afinal, que banco privado faria uma loucura dessas? Os seus donos nunca aprovariam, pois teriam muito a perder. Já os políticos, só têm a ganhar.


O comediante P.J. Rourke costuma dizer que quando ‘comprar e vender são controlados por  políticos, as primeiras coisas a serem compradas e vendidas são os próprios políticos’. E não há como discordar.  

O ponto principal da corrupção é o poder que os políticos têm de facilitar ou dificultar algo dentro do governo. Hoje, nós temos um sistema político que beneficia este tipo de arranjo.

4 visualizações

Deputado Estadual pelo Partido NOVO Giuseppe Riesgo

Todos os direitos reservados

(055)-99154-4718