Carregando...

Chega de heróis. Precisamos de instituições!



Desde a criação do Partido NOVO, passando pela queda da presidente Dilma Roussef, à eleição do atual Presidente Jair Bolsonaro, nós, liberais, defendemos a mesmíssima coisa: país nenhum precisa de um herói ou salvador da pátria para resolver seus problemas. Precisamos de instituições fortes que valorizem a liberdade. Infelizmente, confirmou-se recentemente que o povo brasileiro escolheu, mais uma vez, o caminho prometido por um suposto salvador da pátria e, aparentemente, se decepcionará de novo.


Não afirmo isso em tom de vitória, como se dissesse: – “eu avisei!”. Pelo contrário, a sensação é de extremo pesar, afinal, enquanto procuramos por heróis a cada quatro anos, ficamos apenas com os vilões a se saborear da pobreza e ingenuidade de boa parte da nossa população.


A dura verdade é que a liberdade não tem nada a ver com isso. O liberalismo político e econômico fora construído há séculos para se sobrepor aos governantes, podando-os e mantendo suas atuações nos limites da lei. Tolhendo suas ambições pessoais, jamais o contrário. Por esse motivo falamos tanto em “Império da lei”, ou “Rule of Law”, já que não importaria a posição do governante, este nunca estaria acima da lei. Assim, sempre que figuras messiânicas (sem trocadilhos) aparecem como os salvadores que desenvolverão o país, todo e qualquer liberal desconfia. Pois este não é o caminho da razão e, tampouco, da liberdade.


E é assim que chegamos aqui. Em um momento que enfrentamos uma pandemia histórica, nos vemos debatendo miudezas da mais velha e carcomida política brasileira. Ao invés de liderança, estamos em combate; padecendo todo o dia enquanto nação. Não era guerra que nós esperávamos. Não era isso que tinha sido prometido.


O brasileiro está cansado. Passa da hora de elevarmos o país a um verdadeiro Estado Democrático de Direito. Um país que preze pela propriedade, pela vida e pela liberdade. Que encontre, efetivamente, harmonia em seus três Poderes e o caminho sólido da liberdade econômica. Que não confunda o excesso de leis com justiça e que, finalmente, entenda que só teremos um país justo quando consolidarmos os pilares de uma democracia liberal e representativa.


Nossa federação está aos cacos. Exposta. Frágil. Consolidamos um modelo federativo que, em tempos de normalidade, não é sentido pelo seu povo e, em tempos de calamidade, não consegue entregar o mínimo de segurança social a que se propõe em sua extensa Constituição. E é, justamente, da soma de todos esses fatores de ausência institucional que o povo brasileiro se vê obrigado a encontrar heróis que nunca se confirmam e que sempre nos decepcionam. Até quando viveremos a esperar? Difícil dizer, mas posso garantir que o projeto de política que defendo é aquele calcado em valores e ideais sólidos, não em pessoas.


Já é passada a hora de a democracia brasileira amadurecer e trocar os ídolos políticos pela razão, pela liberdade e pela responsabilidade.


Siga o Deputado Giuseppe Riesgo nas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter | Youtube | LinkedIn | Whatsapp

364 visualizações

Deputado Estadual pelo Partido NOVO Giuseppe Riesgo

Todos os direitos reservados

(055)-99154-4718