Carregando...

  • Giuseppe Riesgo

Bancada do Novo vota contra criação de cargos do Ministério Público



A Bancada do Partido Novo votou, nesta semana, contra dois projetos enviados pelo Ministério Público à Assembleia Legislativa visando a criação de novos cargos no órgão. Os projetos são o PLC 285/2019 que cria novo cargo de Promotor de Justiça e o PL 9/2018 que cria 41 cargos comissionados.


O PL 9, em especial, chamou a atenção do Deputado Giuseppe Riesgo (NOVO), pois veio acompanhado da justificativa de que geraria economia ao extinguir cargos e criar outros menos custosos. Segundo o deputado, porém, embora os cargos extintos fossem mais caros, eles não estavam sendo ocupados, enquanto os 41 CC's serão chamados imediatamente, gerando um custo a mais de R$3,5 milhões para os cofres públicos.


Segundo Riesgo, é um absurdo que justamente durante o período em que se tentam aprovar Reformas Estruturais por conta da situação de calamidade das contas públicas, o MP tente aumentar seus gastos, indo na direção contrária do ajuste fiscal tão necessário para o Rio Grande do Sul. A Assembleia Legislativa, porém, não parece seguir esta mesma linha de raciocínio, haja vista que aprovou ambos os projetos por ampla maioria.


"Esses projetos, especialmente o que se refere à criação dos CC's, demonstram que o Ministério Público não se importa com a crise fiscal pela qual o Estado está passando, não se importa com o futuro do Rio Grande do Sul e tampouco se importa com os demais servidores que vêm pagando pela crise e recebendo parcelado há 50 meses.", desabafa.


Assista ao vídeo sobre o tema:


Siga o Deputado Giuseppe Riesgo nas redes sociais:

Facebook | Instagram | Twitter | Youtube | LinkedIn | Whatsapp

0 visualização

Deputado Estadual pelo Partido NOVO Giuseppe Riesgo

Todos os direitos reservados

(055)-99154-4718